Doença traiçoeira: Diretora do Hospital Municipal de Vicentinópolis (GO) morre com Covid-19. Ela não tinha comorbidade

Maria Leal Conciano Meireles, de 38 anos, era diretora do Hospital Municipal de Vicentinópolis e morreu nesta última terça-feira (14), em razão de complicações causadas pelo coronavírus (Covid-19).

O clínico-geral Enio Laranjeira, que cuidou da diretora, disse que ela não tinha pressão alta, diabetes e nenhuma outra comorbidade que pudesse ter motivado o agravamento da doença. 


Os sintomas que Maria Leal teve foram: dor de cabeça, falta de ar e sintomas gripais. 


Todos estes sintomas começaram cerca de uma semana antes da morte da diretora.

O clínico-geral disse também que ela ficou dois dias internada no Hospital Municipal, onde trabalhava, e foi transferida para o Hospital de Campanha de Itumbiara na segunda-feira (13), onde morreu no dia seguinte.


Em Goiás, nas últimas 24 horas, 59 pessoas morreram em razão das complicações causadas pela covid-19 e 1.155 casos foram confirmados. 

Ao todo, fora contabilizados 986 mortes e 40.227 contaminados, de acordo com os dados do balanço da Secretaria Estadual de Saúde (SES), desta quinta-feira (16).

Fonte: Mais Goiás 

WhatsApp Image 2022-06-20 at 08.21.57
WhatsApp Image 2022-07-02 at 09.04.26 (2)
WhatsApp Image 2022-07-04 at 15.17.50
WhatsApp Image 2022-07-23 at 13.43.36
WhatsApp Image 2022-07-23 at 13.45.11
WhatsApp Image 2022-08-02 at 14.46.41

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.