De mal a pior: praga de gafanhotos destrói plantações no Tocantins



Se não bastasse a pandemia do novo coronavírus, que tem infectado milhões de pessoas pelo mundo e no Brasil já matou mais de 50 mil, uma nova ameaça severa agora chega ao campo, área que estava à salva da Covid-19 e a única a incrementar o PIB nacional nos últimos 4 meses. 


Uma praga de gafanhotos, em nuvens de milhões de insetos, deixou nesta semana o sul do país em alerta total. 


Muitos estados decretaram inclusive situação de emergência sanitária. 


Mas não é apenas no sul do país que os gafonhotos têm trazido temor e prejuízos. 


Muitos agricultores do Tocantins, na região central, próximo a Araguaína e de Ananáis, estão informando que milhares desses insetos estão destruindo tudo que encontram pela frente, em diversas propriedades da região: plantações de milho, feijão e até de coco.


Nada que é verde e agricultável tem sobrado. 


Um dos agricultores gravou um vídeo e mostra que os bichos têm comido tudo.  


Essa nova ameaça tende, se estender-se para outras áreas, a trazer imensos prejuízos econômicos e até à segurança alimentar, a depender da extensão dos danos.  

WhatsApp Image 2022-06-20 at 08.21.57
WhatsApp Image 2022-07-02 at 09.04.26 (2)
WhatsApp Image 2022-08-02 at 14.46.41
WhatsApp Image 2022-08-09 at 08.16.01
WhatsApp Image 2022-08-09 at 08.16.56
WhatsApp Image 2022-08-09 at 08.18.10

2 comentários sobre “De mal a pior: praga de gafanhotos destrói plantações no Tocantins

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.