Com mais de cinco casos por dia, 41 pacientes suspeitos ativos e sem UTI, Campos Belos (GO) caminha para um Lockdown

Pelo andar da carruagem, como diz o ditado popular, Campos Belos (GO), no nordeste do estado, caminha para um lockdown, medida extrema, tomadas por autoridades públicas do mundo inteiro contra a Covid, nos momentos de pânico e de alta letalidade da doença Covid-19.

Nesta semana, em dois dias seguidos, a cidade registrou média de cinco casos da doença por dia. 


Neste sábado, o município que nem possui ao menos um leito de UTI, tem registrado 87 casos de Covid, 48 pacientes suspeitos a espera de exames e em isolamentos, três doentes hospitalizados e uma morte.

A pergunta é: o prefeito Eduardo Terra terá pulso firme para decretar o Lockdown? 

Correrá o risco político de proibir a população de sair de casa?

Há outra solução para barrar o avanço acelerado do novo coronavírus no município?

O que é o Lockdown ?

 
Lockdown é a versão mais rígida do distanciamento social e quando a recomendação se torna obrigatória. 

É uma imposição do Estado que significa bloqueio total.

No cenário pandêmico, essa medida é a mais rigorosa a ser tomada e serve para desacelerar a propagação do novo Coronavírus, quando as medidas de isolamento social e de quarentena não são suficientes e os casos aumentam diariamente.

Como funciona o lockdown?

Consiste em restringir a circulação da população em lugares públicos, permitindo apenas, e de forma limitada, para questões essenciais, como ir à farmácias, supermercados ou hospitais. 


O descumprimento dessa regra pode acarretar multas e em toque de recolher, dependendo do governo local.

Qual a diferença entre isolamento social, quarentena e lockdown?

Esses termos se tornaram parte do nosso dia a dia e podem gerar certas dúvidas quanto aos seus significados. Apesar de terem o mesmo objetivo que é manter as pessoas em casa, essas palavras não são sinônimas.

Isolamento social: É uma recomendação médica para pessoas que podem ter tido contato com algum paciente infectado ou estão aguardando o resultado de testes (sobre a contaminação pelo novo Coronavírus) ou tenham o diagnóstico confirmado. 


Nestes casos, é recomendado que se isolem das demais e evitem a propagação da doença. O isolamento pode ser tanto domiciliar quanto hospitalar, dependendo da gravidade de cada caso.

O isolamento é subdividido em dois tipos:

Isolamento Vertical: É limitado ao grupo de risco, idosos e pessoas com doenças pré-existentes que possuem maiores chances de apresentarem quadros mais graves da doença.

Isolamento Horizontal: Nesse tipo de isolamento, não há limitações de grupos e todos devem ficar em casa. Isso restringe a circulação e aglomeração de pessoas e reduz a disseminação do vírus.

Quarentena: Pessoas que tiveram contato com pacientes contaminados pelo vírus ou estiveram em regiões com surtos da doença, devem se manter em quarentena. 


A duração da quarentena é determinada de acordo com o período de incubação (tempo em que a doença se manifesta), e pode variar de 1 a 14 dias. O objetivo é observar ao longo dos dias, se a pessoa apresenta algum sintoma e assim controlar a propagação do novo Coronavírus.

Lockdown no Brasil

Com o aumento diário do número de infectados e mortos por COVID-19, alguns Estados como Maranhão, Pará, Rio de Janeiro e Ceará já adotaram a nova medida de prevenção e isso pode se estender para os demais Estados em breve.

O primeiro Estado a adotar o sistema de lockdown foi o Maranhão.

Foram suspensos todos os serviços não essenciais e entrada e saída de veículos particulares na capital São Luís e nos municípios de Paço Lumiar, São José de Ribamar e Raposa. 


O descumprimento da regra poderia acarretar multas e o uso de máscaras de proteção, em locais essenciais, é imprescindível.

No Ceará, terceiro Estado com mais casos de Coronavírus no Brasil, a capital Fortaleza também entrou em restrição de circulação no dia 08 de maio. A medida tem o tempo inicial de 20 dias e depois foi estendido por mais 20.

Lockdown em Pernambuco

Com o objetivo de aumentar o isolamento social na Região Metropolitana do Recife, o Governo do Estado decretou quarentena em Recife e nos municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, ampliando as medidas de proteção, restringindo o trânsito de veículos, aumentando a fiscalização em estabelecimentos comerciais e reduzindo a circulação de pessoas nesses locais. 


As medidas ficaram válidas no período de 16 a 31 de maio.

Que países adotaram o ‘lockdown’?

Para desacelerar a disseminação da doença, muitos países que foram amplamente afetados pela doença, tiveram que adotar o lockdown:

China: A cidade de Wuhan, epicentro da doença, manteve o bloqueio total por 76 dias. Além disso, no final de janeiro as fronteiras foram fechadas, a fim de paralisar a circulação de pessoas no país.

Com a redução dos casos, e após 11 semanas, o isolamento chegou ao fim. De forma gradual as atividades estão sendo retomadas, porém respeitando algumas medidas (como o uso obrigatório de máscaras de proteção em lugares públicos e privados) e com o monitoramento online que permite de toda a população.

Espanha: Segundo país com mais casos confirmados de Coronavírus, a Espanha decretou lockdown por duas semanas, no dia 28 de março. 


A multa para quem circulasse nas ruas, sem necessidade comprovada, era de 600 Euros. Com essa medida, o governo espanhol reduziu os casos de maneira significativa.

Itália: Em 9 de março o governo da Itália impôs uma quarentena nacional, restringindo o movimento da população. O período de lockdown durou oito semanas. Com essa medida foi possível reduzir o contágio da doença e diminuir a ocupação de pacientes nos hospitais do país. 


Mesmo o comércio voltando aos poucos, o protocolo de segurança, que consiste no uso de máscaras e de distanciamento social, deve ser seguido.

Alemanha: O país passou três semanas em lockdown, o que possibilitou a Alemanha ter um número maior de pacientes curados do que doentes e mortos. Os números mostram que o pico da doença, pode já ter passado no país. 


Os pesquisadores recomendaram a reabertura das escolas e funcionamento de lojas e comércios, desde que sejam mantidas as regras de distanciamento social, que consistem em ficar pelo menos 2 metros de distância de outras pessoas.

Fonte: brasildefato
WhatsApp Image 2022-06-20 at 08.21.57
WhatsApp Image 2022-07-02 at 09.04.26 (2)
WhatsApp Image 2022-07-04 at 15.17.50
WhatsApp Image 2022-07-23 at 13.43.36
WhatsApp Image 2022-07-23 at 13.45.11
WhatsApp Image 2022-08-02 at 14.46.41

Um comentário em “Com mais de cinco casos por dia, 41 pacientes suspeitos ativos e sem UTI, Campos Belos (GO) caminha para um Lockdown

  1. Lockdown é um abuso de poder, e fere a constituição federal. existe inúmeros relatos de famílias que foram contaminados mesmo sem sair de casa, o que as autoridades já deveria ter feito e tratar do vírus precocemente e não trancar as pessoas em suas casas como se fossem bandidos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.