Assalto em Campos Belos (GO): novas imagens mostram exato momento dos tiros; famílias de criminosos se desesperam

O dia nesta segunda-feira (23) em Campos Belos (GO), nordeste do estado, foi extremamente tenso, por conta da tentativa de assalto a um empresário da cidade e que acabou na morte de um dos bandidos.

A todo instante nos chegam imagens feitas no local.

Um dos vídeos foi gravado no extado momento de dois tiros. Nas imagens, pode se ver um dos autores da tentativa de assalto se debatendo debaixo da caminhonete e a perseguição da vítima a um dos ladrões escada acima, rumo ao Centro Olímpico.

Em determinado momento, quem filma a cena reconhece um dos assaltantes. “É o Juninho, vei!”.

“Juninho” foi preso e levado pelas autoridades da secretaria de segurança pública.

Em outro vídeo, também gravado por populares que fizeram o flagrante, mostra o outro lado da tragédia.

Duas mulheres, que parecem ser familiares de um dos bandidos, são a cara do desespero e da dor.

Uma delas retruca as pessoas que estavam por ali assistindo à tragédia, ocorrida por iniciativa dos próprios filhos.

“Se fosse família sua?” grita ela, no que parece querer defendê-lo, mesmo naquela situação.

Ali perto, próximo a um carro do corpo de bombeiros, uma outra mulher é o retrato de uma dor dilacerante. Ela tenta esmurrar o bandido sobrevivente, numa vã tentativa.

Sem conseguir chegar perto do homem, que ainda está sob a carenagem da caminhonete, xinga, grita, chora.

Uma dor que toda mãe deve sentir; amplificada por uma suposta auto culpa, pelos caminhos tortuosos escolhidos por seus entes.

“As mulheres do vídeo são a mãe e a irmã do rapaz que está embaixo do carro. Elas estão revoltadas pela atitude do familiar em assaltar.

A moça mais desesperada é a irmã que quer bater no mesmo pela vergonha do assalto, eles não compactuam com a atitude do menor. A mãe é trabalhadora, honesta, trabalha no comércio da cidade e ficou indignada com a atitude do filho. Falo com propriedade, pois é minha parente, não gostaria de ser identificada”, disse uma fonte do Blog.

“A mãe dele está em estado de choque sem acreditar no que o filho fez. Ela já vive um drama por ter perdido um filho que foi matado pro mundo do tráfico, tá sofrendo muito com essa situação. A mesma sai pra trabalhar todo dia às 05h da manhã; o filho estava morando com o pai, que também está desnorteado com o que ele fez.”

O rapaz que morreu na troca de tiros já tinha passagem Justiça criminal por homicídio e roubo.

Entre no grupo de Whatsapp e receba notícias das informações mais relevantes do dia na nossa região. Clique Aqui

WhatsApp Image 2022-05-14 at 19.43.05
WhatsApp Image 2022-03-28 at 14.50.12

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.